Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Taras Da Lina

Comunicadora, Sonhadora, Sardenta, Desastrada q.b., Geminiana, Cinéfila, Leitora Compulsiva, Fotógrafa Amadora, Dog Person e Cidadã do Mundo mas a viver em Portugal. Be my guest ;)

As Taras Da Lina

Comunicadora, Sonhadora, Sardenta, Desastrada q.b., Geminiana, Cinéfila, Leitora Compulsiva, Fotógrafa Amadora, Dog Person e Cidadã do Mundo mas a viver em Portugal. Be my guest ;)

Je suis pela paz!

Esqueçam as "guerrilhas futebolísticas", os degueulasses e outras coisas que recentemente nos fizeram ficar um pouco com aversão aos franceses. Não esqueçam é que o terrorismo é uma ameaça cada vez maior. E nesse aspecto a França tem sofrido e bem na pele todas os infortúnios que ele acarreta.

Lembro-me que quando foi o atentado no Bataclan ia em viagem não fazia a mínima ideia do que estava a acontecer. Cheguei a casa e ao ligar a net comecei a receber notificações do facebook que amigos e familiares estavam seguros. Fiquei sem perceber muito bem o que se passava e enquanto ligava a tv já a minha tia estava a dizer que tinha falado com os sobrinhos e eles estavam todos a salvo. Que tinha havido um tiroteio e explosões e que suspeitavam de ataque terrorista. Sabem aquele aperto no coração? Eu sei que infelizmente em África isto são coisas que acontecem todos os dias. E não digo que as vidas sejam menos importantes que as nossas. Mas nunca estamos preparados para que isto aconteça cá. Tão perto de nós. Com os nossos. Com os meus. Tenho família, amigos e conhecidos espalhados pela França. Não só em Paris, como em Tours, Bordéus, Marselha...

Também tenho família na Bélgica e sei a aflição que foi quando em Março passado explodiram com o aeroporto.Aliás no dia do atentado eu tinha falado com uma amiga que tinhamos que marcar uma viagem lá para visitarmos uma familiar em comum.

Ironicamente ontem, apesar de estar cansada,não resisti ao apelo de tomar café com amigos da França que já cá estão. Chego a casa e vejo que um amigo foi marcado no facebook como seguro num ataque em Nice (é sempre o facebook a alertar-me para estes ataques). Eu nem sequer sabia que a pessoa em questão estava em Nice. Ligo a tv e vejo uma imagem de um camião a abalroar um monte de gente que estava a celebrar o 14 de Julho, o dia do país. Corpos pelo chão, poças de sangue, homens, mulheres e o mais horripilante crianças... Com uma vida pela frente. Vejo também a Torre Eiffel a arder. Se eram imagens manipuladas ou não, não sei.

Desliguei a tv, fui dormir.  

É um ato egoísta. Temos pena por eles, sofremos, mas no final temos a segurança de poder fechar os olhos e dormir.

Mas até quando? Quando é que chegará o dia em que não dormiremos porque foi com os nossos? Porque foi connosco?

Infelizmente é uma probabilidade cada vez maior. O mundo era tão bonito se todos vivessem de bem uns com os outros.

O meu coração está com a França. Eu sou pela paz e pelo amor. Não hoje, mas sempre!

 

Sem Título.png

 

14 comentários

Comentar post