Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

Ter | 23.06.15

À Moda do Porto

RP

Porque hoje é véspera de S. João.

E S. João que é S. João é à moda do Porto.

Martelos, Alho Porro, Confusão, Bailaricos, Sardinha assada, e o belo do fogo de artifício na Ribeira.

Andar a pé toda a noite e adormecer na praia de madrugada.

Não encontrarmos os amigos, não termos rede no telemóvel e andarmos aos encontrões.

Misturar-nos com pessoas que dizem palavrões mas são genuínas e sempre dispostas a ajudar.

Ter o espírito do Porto, a gente do Porto e a beleza do Porto numa noite é algo que vale a pena.

Mesmo que para tal tenhamos que levar com marteladas na cabeça :)

É o PORTO. Ponto!

 

 

"Longe vai a inocência

De ser levado pela mão

Pelos estreitos da baixa

Sem se ter a noção

Que o caminho é torto

É a razão de ser à moda do Porto..."

Seg | 22.06.15

Weekend details

RP

Morar nas aldeias tem sempre aquela desvantagem de não termos acesso a tudo tão facilmente como na cidade. Mas também tem as suas vantagens e morar numa aldeia no Douro, que actualmente é "in", ainda mais...

É possível transformamos um mero fim de semana em dois dias cheios de aventuras. Desde canoagem e vela no Douro a caminhadas montanha acima são imensas as experiências para tornar o fim de semana memorável.

O facto de o fazermos com família e amigos, que tanta alegria e amor trazem aos nossos dias, torna tudo ainda mais doce. Como se os crepes só por si já não ajudassem. :)

O meu fim de semana foi assim. Cheio de amor, riso e gargalhada (cheio de comida também :P). Cansativo fisicamente mas imensamente bem aproveitado... E renovador para o espírito.

IMG_3449.jpg

 

IMG_3543.jpg

 

IMG_3620.jpg

 

IMG_3649.jpg

 

IMG_3751.jpg

 

IMG-20150621-WA0000.jpg

 

 (Fotos da minha autoria)

Ter | 16.06.15

Wanderlust

RP

Wanderlust - é uma expressão alemã. “Wander” significa migrar, trilhar, vagar – e “lust” quer dizer desejo. Ou seja, uma vontade de viajar, um desejo de se deslocar de lugar. (in Teoria Criativa).

 

Obviamente que eu teria que sofrer desta "doença". E com o aproximar dos dias mais longos já sonho com a minha próxima aventura. Não sou tão viajada quanto queria (muito menos) mas pelo menos uma vez por ano tento matar este bichinho e ir conhecer um local novo fora do nosso país. Ainda não me aventurei para lá da Europa mas já vou coleccionando algumas cidades do velho continente.

Há quem pense que é preciso imenso dinheiro para viajar. Não sou dessa opinião. O que é preciso é força de vontade para abdicar de uns cafés ou de uma peça de roupa mais cara para se conseguir colocar uns trocos de lado. Tudo bem que esses trocos não te levarão a Nova Iorque ou ao Brasil mas chegam para pagar a viagem low cost a Londres, por exemplo. Pelo menos eu tenho conseguido safar-me assim. Abençoada Ryanair e Easyjet! :) 

Quanto ao belo do Portugal, de vez em quando lá arranjo uns fins de semana para umas escapadinhas.

Viajar sabe bem e traz tanto alento à alma! :)

Travalot.jpg

 

Sab | 13.06.15

A propósito do Santo António em Lisboa e de quem nunca lá foi

RP

Nunca passei um Santo António em Lisboa.

Como é que alguém pode ser português sem nunca ter passado os Santos na Capital? Sou uma "santosexcluída"!

Com muita pena minha confesso. :( Gosto sempre de uma boa festa. Acho que estamos a ficar um povo tão cinzento que tudo o que nos venha desanuviar é bem vindo :)

Estive o fim-de-semana passado por Lisboa. Já havia sardinha, fitinhas, manjericos, bailaricos e multidões. Não é a mesma coisa mas já deu para entrar no espírito. Sei que para quem todos os anos está por lá às vezes é cansativo. A confusão, o barulho, a multidão... Eu como tripeira de gema acho imensa piada. Para o ano talvez consiga colmatar esta falta! 

Por agora fico-me pelo S. João no Porto. Esse, minha gente, ninguém mo tira! 

 

02_festas_lisboa1.jpg

 

(Imagem retirada da Internet) 

Sex | 12.06.15

We used to have it all...

RP

Nada na vida é certo, nem mesmo quem tomamos por garantido para sempre a nosso lado.

Nestas alturas temos que acreditar que quem vier terá razões para ficar e parar de nos lamentarmos por quem partiu.

Quanto a esses ficam as lembranças de quando tudo deu certo e os momentos bons proporcionados.

A vida é com os que ficam, independentemente das circunstâncias...

Como diz a música do Kygo:

 

"No heroes, villains, one to blame
While wilted roses fill the stage
And the thrill, the thrill is gone
Our debut was a masterpiece
But in the end for you and me
Oh, the show, it can't go on
We used to have it all, but now's our curtain call
So hold for the applause, oh
And wave out to the crowd, and take our final bow
Oh, it's our time to go, but at least we stole the show
At least we stole the show"

 

 

Qui | 11.06.15

"O que vejo e não esqueço" de Catarina Furtado

RP

Há algum tempo que queria voltar mas queria que o post de regresso fosse sobre um assunto com conteúdo e não apenas com banalidades. Decidi retomar depois de ter visto esta notícia: "O que Catarina Furtado vê e não esquece". Eu sei, não é sobre como erradicar a fome no mundo nem como tirar Portugal do estado em que se encontra mas não deixa de ser um bom post... Pelo menos para mim, que adoro livros e Voluntariado :)

Confesso que em mais nova nunca fui grande fã da Catarina Furtado. Há aquelas que pessoas que sem as conhecermos simpatizamos com elas, outras por mais que pareçam simpáticas não atinamos. A Catarina fazia parte do segundo grupo para mim. Por muita simpatia que transmitisse na televisão eu não conseguia gostar dela. Se calhar lá no fundinho era aquela inveja feminina, saudável claro, que às vezes temos ao constatar que a pessoa para além de ser bonita, e isso ninguém pode dizer que ela não é, ainda tem talento. É lixado! :)

Mas adiante, com o programa "Príncipes do Nada", a minha opinião mudou. Conheci uma Catarina mais humana, sem glamour ou luzes da ribalta, apenas preocupada com as crianças e empenhada em trazer-lhes mais conforto e melhores condições de vida. E foi aí que passei a gostar dela. Toda a pessoa que ajuda terceiros sem que isso a benefecie não pode ser má pessoa. Pelo menos assim acredito. O livro que lançou recentemente "O que vejo e não esqueço" fala sobre as suas missões de voluntariado, sobre a importância da solidariedade. Gostava de um dia poder sair mundo fora e ajudar quem mais necessita. Conseguir fazer diferença na vida das pessoas. Por agora vou-me instruindo e sonhando com leituras destas. É sem dúvida um livro a ir para o topo da minha wishlist! :) 

11393195_481423118684017_7861671903555287316_n (1)

 

(Fotografia retirada do facebook da apresentadora)