Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

Seg | 30.05.16

Bom dia...

RP

... e boa semana! :)

Esta é para as minhas amigas que dizem que estou sempre atrasada eheh

Eu bem digo que as coisas boas se fazem esperar. 

E não me atraso por mal. Normalmente tenho mil e uma coisas para fazer andando sempre a correr e consequentemente atraso-me.

E vocês? Pontualidade Britânica ou nem por isso?  

13315742_10154292468519617_4157282052635561010_n.j

 (Foto retirada do facebook da Rádio Comercial)

Qui | 26.05.16

Já vos disse...

RP

IMG_9810.JPG

 

... que sou da terra das cerejas?

E que o Festival da Cereja é já este fim de semana?

Que há desconto para quem quiser vir na CP e que depois há ligação gratuita da estação até à feira?

Não? Pronto então agora já sabem. :)

14440.jpg

 

O Festival da Cereja é a maior festa do concelho, não fosse o fruto o nosso ex-libris.

Isso juntamente com a gastronomia e as paisagens do Douro.  

Deixo-vos algumas fotos tiradas por mim o ano passado no âmbito do meu trabalho no Município.

IMG_0871.JPG

IMG_0873.JPG

IMG_0147.JPG

IMG_9816.JPG

IMG_9757.JPG

IMG_0008.JPG

IMG_2527.JPG

 

 Apareçam! Serão bem recebidos! ;)

P.S. Eu hoje já enchi bem a barriga eheh

13315317_1177515972266722_3989381102832408321_n.jp

 

 (Fotos da minha autoria)

Seg | 23.05.16

Ainda sobre as tradições

RP

Como falei no último post a tradição começa a definhar um pouco.

Seja por falta de interesse das novas gerações ou porque a geração anterior também não incutiu o gosto, tanto como devia, aos poucos a festa deste fim de semana vai perdendo o encanto.

Na minha família porém há coisas que ainda não mudam. 

IMG_20160522_120641.jpg

 

A afluência, apesar de não ser a de outros tempos, ainda é considerável. Mesmo sendo uma missa de quase 4 horas.

IMG_20160522_134927.jpg

 

Um dos pratos tradicionais continua a ser o vazulaque. E eu continuo a não gostar (vá também nunca provei) e, tal como em miúda, torço o nariz e digo: "Parece lama blhéc!"

 

IMG_20160522_151157.jpg

Os doces também nunca falham. Só apanhei a tarte de nata porque isto indo para a mesa vai tudo a correr buscar. E uma pessoa nem consegue tirar foto que o stock esgota antes. Mas havia pudim, cavacas, tartes de nata e salada de fruta, juro!

P.S. A toalha já está a modos que para o suja porque tenho uma família pseudo-italiana. Junta-se à mesa em grande número com conversas cruzadas imensamente altas e gesticuladas e pimba 50 nódoas de vinho para tirar da toalha. 

IMG_20160522_144219.jpg

Mas se há coisa que continua igual festa após festa é a beleza da varanda da tia. Continua a transportar-me à infância e às brincadeiras com esta vista da terrinha.

Só faltou mesmo celebrar o meu aniversário, mas este ano calhou fora. É só amanhã. O que também dá um rombo à dieta que o meu primo faz hoje. Uma pessoa entra elegante no sábado e sai a rebolar na quarta ahah

Boa semana! :)

(Fotos da minha autoria)

Sex | 20.05.16

A tradição vai morrendo um bocadinho dentro de nós?

RP

Este fim de semana celebra-se a festa que cá para a família faz parte do Top 3 juntamente com o Natal e a Páscoa. Uma festa importante que até estreávamos roupa nesse dia. E aí de nós se a sujássemos! 

Há uns valentes anos estaria empolgadíssima com este fim de semana. O fim de semana da festa do 4º Domingo de Maio.

Ao sábado havia sempre alguém na Comunhão. Isso fazia com que nos juntássemos 50 (e não estou a exagerar) a almoçar. A família vinha de todos os pontos do país. A mesa era recheada de amor e de comida. Mais de comida, nomeadamente de sobremesas.

Durante a tarde eu e a carrada de primos brincávamos, brigávamos, cantávamos, partilhávamos as últimas novidades, os últimos namoricos, coisas dessas. Íamos à procissão com gosto porque era das velas e isso era uma cena muito fixe até para gozar com quem queimava o papel da vela primeiro.

Ao Domingo acordávamos com os foguetes e tínhamos direito a uma missa campal de 4 horas. E perdoem-nos os que pertencem à Instituição Religiosa mas éramos miúdos e essa era para nós a parte mais aborrecida do fim de semana. Ao almoço a história repetia-se. Comer até fartar.

À hora do café reencontrávamos velhos conhecidos que tal como nós elegiam estes dias para regressar à terra. De tarde dávamos asas à imaginação e à brincadeira. Íamos à feira e cravávamos um brinquedo ao pai, ou ao tio, ou a quem desse. Por vezes calhava no meu aniversário e de um primo e competíamos a idade e as prendas. Eram dois dias de euforia.

Não sei se é por estar mais velha mas cada vez menos me lembra o 4º Domingo. Uns vão morrendo, outros vão adoecendo e não têm vontade de festejar e outros emigraram e não conseguem regressar nesta data. Continuam as comunhões, a comida, a família reunida mas o espírito não é o mesmo.

Esta semana ouvi o meu pai dizer. "Nem parece que entrámos na semana dos morteiros e já é o 4º Domingo." Não lembra a ele, nem a mim nem a quase nenhum dos meus. Também me tem acontecido que não me lembre o Natal nem a Páscoa.

As cerimónias continuam iguais. Acho que há tradições que apesar de se manterem intactas por fora vão morrendo um bocadinho dentro de nós.

Seg | 16.05.16

Eva Green e a Segunda Feira

RP

Adoro a Eva Green. É a minha atriz de eleição.

Adoro as escolhas estranhas que faz de personagens e a intensidade com que se entrega às mesmas.

Gosto também do facto de ser à parte do mundo da fama e nos poupe a todas e mais algumas situações que "nobody cares" mas que os famosos teimam em mostrar.

Podia estar aqui a tentar enumerar-vos mil e uma mais razões mas não. Gosto dela e ponto.

E esta foto poderia ser eu.

Não que compartilhe dos genes físicos fantásticos (infelizmente) mas pelo facto de que sou mulher, sou geminiana e hoje é segunda.

Ou seja, todas as emoções conseguem atravessar a minha pessoa no início de mais uma semana.

Boa semana e força! ;)

b80aa598ae6a3aa4cad3ca904ab2f9ed.jpg

 

Pág. 1/3