Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Taras Da Lina

Comunicadora, Sonhadora, Sardenta, Desastrada q.b., Geminiana, Cinéfila, Leitora Compulsiva, Fotógrafa Amadora, Dog Person e Cidadã do Mundo mas a viver em Portugal. Be my guest ;)

As Taras Da Lina

Comunicadora, Sonhadora, Sardenta, Desastrada q.b., Geminiana, Cinéfila, Leitora Compulsiva, Fotógrafa Amadora, Dog Person e Cidadã do Mundo mas a viver em Portugal. Be my guest ;)

Há dias que é tão isto...

 

"Aceita!

Aceita o que a vida te dá. Não te resignes com o pouco, mas não queiras o que não é teu! O que não te pertence. O que não te serve.

Não tentes calçar sapatos apertados! Por muito que eles te pareçam bonitos; por muito que te apeteça calçá-los e por muito que aparentemente eles te fiquem bem, nunca serão a tua medida. Aos poucos, devagarinho, vão começar a incomodar-te. Como uma moinha que vamos aguentando, mas que sabemos que existe. E, aos poucos, devagarinho, começas a perceber que o que querias que te assentasse bem – à força – , o que querias que te servisse, não passa de uma farsa. De um conforto que não existe e de uma felicidade que nunca chega.

O que não é para ti, nunca te servirá. Por muito que tentes. Por muito que queiras. Por muito que desejes. O que não é feito para nós, nunca nos há de ficar bem.

Anda descalça! Sente o chão debaixo dos pés. Sente a vida a tocar-te na pele.

A vida,essa, encarregar-se-á, a seu tempo – que nem sempre é no tempo que desejamos, – de nos mostrar o caminho. De nos trazer os sapatos certos. Os mais bonitos. Os mais confortáveis. Os melhores.

Por isso, aceita!

Aceita o que a vida te dá.

Não fiques em sapatos apertados. Que não te servem. Por muito que queiras usá-los, nunca hás de senti-los teus.

Assim é o amor. Por muito que queiramos que tenha as nossas medidas, se não for feito para nós, nunca nos ha de servir [na alma].

Não fiques em sítios que não têm a tua morada, não te demores em pessoas que não se demoram em ti e não aceites amores que não são teus.

Se na vida só tiveres experimentado sapatos apertados, nunca hás de saber o que é a felicidade de caminhar nuns sapatos confortáveis."

 

Publicação retirada da página do facebook "Só que não"

 

images.jpg

 

 

Mulheres

Como bem se sabe originalmente o dia da mulher foi criado devido às manifestações das mulheres da classe operária do início do séc. XX em busca de melhores condições de trabalho e direitos que lhes eram negados. Apesar de ainda hoje a importância da igualdade de género estar no foco mediático e de por vezes termos que nos tentar afirmar enquanto ser humano e não apenas como mulher para nós é impensável viver como elas viviam na época. Já nascemos em outra era, em que temos acesso ao mercado de trabalho, temos opinião e total independência.

Para algumas o dia da Mulher é juntar e irem todas jantar e receber flores. Acho que fazem muito bem. Mas não se esqueçam que esta data serve para simbolizar aquelas mulheres que fizeram uma viragem na história e que fizeram com que hoje, pelo menos nos países civilizados, não tenhamos nascido apenas para ter filhos e servir o marido sem termos direito a pensar ou a dar a nossa opinião.

Relativamente à celebração se gostam juntem as amigas e vão. Mas juntem-nas também em outros dias para celebrar o dom que se é ser mulher. Porque quer se queira quer não somos algo especial. Conseguimos ser duronas mesmo que por dentro sejamos mais frágeis que o vidro. Conseguimos suportar o sofrimento sempre com a esperança de que as coisas melhorem. No amor damos por inteiro mesmo que, às vezes, não recebamos nem metade do que emitimos. Somos mães, cozinheiras, empregadas de limpeza, secretárias em escritórios, professoras, conselheiras e amigas. Todas nós somos extraordinárias. E cada uma de nós é bonita à sua maneira.

Aproveitem que amanhã é a data escolhida para sermos o centro das atenções, vamos receber flores, vamos ser acarinhadas e vão falar mil maravilhas da mulher. Aproveitem também para lembrar que somos mulheres todos os dias e que o carinho e a estima não se deve ficar por amanhã. A todas vós um dia muito feliz.

Às minhas mulheres, mãe, irmã, tias, primas e amigas um dia ainda melhor. Não só amanhã mas sempre porque todas elas são extraordinárias à sua medida. Daqui a 100 anos ninguém provavelmente ouvirá falar nelas mas não é por isso que deixam de ser inspiradoras.

 

One-woman-can-make-a-difference-but-together-we-ca