Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

Seg | 24.05.21

35

RP

Se são blessed ou não, não sei...

Mas que são 35, a minha mãe, o meu cartão de cidadão e a dor nos meus joelhos, quando muda o estado do tempo, confirmam.

Estou a menos um passo dos 40, e pensar que há dias em que ainda não sei muito bem o que ando a fazer à minha vida... Mas pronto, já que hoje é o meu dia, celebremos!

2e8555e1f7679f6655ebc687f63dd0a0.jpg

 

 

Sab | 22.05.21

"Em teu ventre"

RP

IMG_20210508_195419_238.jpg

"Numa perspetiva inteiramente nova, Em Teu Ventre apresenta o retrato de um dos episódios mais marcantes do século XX português: as aparições de Nossa Senhora a três crianças, entre maio e outubro de 1917. Através de uma narrativa que cruza a rigorosa dimensão histórica com a riqueza de personagens surpreendentes, esta é também uma reflexão acerca de Portugal e de alguns dos seus traços mais subtis e profundos."

Não foi propositado mas Maio foi, sem dúvida, um mês bem escolhido para este livro. 

Uma obra que fala sobre as Aparições de Fátima e paralelamente uma ode às mães.

Uma narrativa bem ao estilo do que o José Luís Peixoto nos habituou. 

Sex | 21.05.21

Gémeos - 1º Decatano

RP

Hoje inicia o meu signo, Gémeos. Apesar de não acreditar nas previsões, no que toca a características posso dizer que sim, sou gémeos. Fica aqui a descrição, da página Berliques e Berloques, dos que, tal como eu, são gémeos do 1º decatano, 21 a 30 de maio.

"Primeiro Decanato de Gêmeos

O primeiro decanato sempre é o mais “puro”, mais típico do signo. Então, a descrição de um geminiano clássico se aplica totalmente, e ainda mais. Os geminianos do primeiro decanato são regidos pelo regente natural, que também é o regente natural da terceira casa do Zodíaco, a da mente consciente, da comunicação, da experiência e do experimento pode dar a eles um intelecto agudo e acima da média. O que eles fazem com isso depende, é claro, deles mesmos. Todos têm chance de se tornarem bons vendedores, escritores, professores de qualquer assunto no amplo campo das comunicações; e podem trabalhar nessas áreas também – jornalistas, comunicadores, mentores, tutores, comerciantes. Ou então, podem usar esse cérebro apenas para tagarelar e fofocar, tornando-se uma pessoa para quem os outros podem achar uma novidade interessante por um tempo, mas não vão querer se envolver demais permanentemente.

Mercúrio é tanto o regente quanto o sub-regente, deixando a perspicácia mental de Gêmeos-Gêmeos nítida. O resultado são pessoas que quase podem desafiar as regras da gravidade. Eles são tão multitalentosos e têm milhões de interesses diversos. Sem dúvida, são capazes de fazer quatro coisas ao mesmo tempo, incluindo estar em quatro lugares ao mesmo tempo. Os geminianos de primeiro decanato são considerados os malabaristas ambidestros do Zodíaco. Eles desenvolveram um forte ponto de vista em cinco catálogos de assuntos. Seu sistema de crenças é constante neste mundo em constante mudança. O primeiro decanato de Gêmeos possui novas abordagens claras e refrescantes, bem formadas.

Resilientes, eles não abandonam relacionamentos valiosos com facilidade; em vez disso, permanecem ali, deixando de lado os ressentimentos. Brilhantes, enérgicos e alertas, são jogadores de alta velocidade que ficam impacientes com as respostas mais lentas de outras pessoas. Os tipos mais adequados para serem amigos/namorados dos geminianos são os ouvintes que os ouvem pacientemente, não importa quanto tempo leve. Geminianos se cansam da rotina rapidamente; de tempos em tempos, eles precisam mudar a estrutura de seu relacionamento mais íntimo, fazendo viagens românticas de fim de semana, para não se cansarem. Eles são altamente sedutores e poucos conseguem resistir ao seu apelo sexual muitas vezes considerável.

O primeiro decanato Gêmeos desfruta de novas ideias e procura chances de se expressar. Eles têm uma personalidade forte porque são capazes de decidir rapidamente e depois agir. Lógica e racionalidade são as duas regras pelas quais eles vivem. Quando estes geminianos estão em seu elemento e encontram um propósito que fala com todo o entusiasmo de sua alma, eles podem partir para lugares e experiências que simplesmente nunca são alcançados por noventa e nove por cento da população. Defendem o que eles acreditam ser certo e não hesitam em atacar as ações erradas de qualquer forma. Seja moral ou prático, esses geminianos acreditam que há um caminho certo e um caminho errado para fazer as coisas, e que apenas o caminho certo produzirá resultados uniformemente positivos."

Qua | 19.05.21

"Os diários secretos"

RP

IMG_20210504_194006.jpg

"O verão está a chegar ao fim e a escritora Erica Falk regressa ao trabalho depois de gozar a licença de maternidade. Agora cabe ao marido, o inspetor Patrik Hedström, tratar da pequena Maja. Mas o crime não dá tréguas, nem sequer na tranquila cidade de Fjällbacka e, quando dois adolescentes descobrem o cadáver de Erik Frankel, Patrik terá de conciliar os cuidados à filha com a investigação do homicídio deste historiador especializado na Segunda Guerra Mundial."

Este livro relata um pouco mais a vida pessoal de Erica Falk comparativamente aos livros anteriores no quais a vida pessoal das personagens se vai misturando com as histórias que ocorrem em paralelo.

Talvez por isso, ou por abordar uma parte da história mundial que sempre me despertou interesse, destronou o "Teia de Cinzas" no lugar de livro favorito da autora. 

Ter | 18.05.21

Memórias

RP

Guardo imagens. Imagens de tempos felizes, fragmentos de instantes, que não foram registados, mas que cá continuam, em pedaços, algures na minha memória que, por vezes, vou resgatando em dias que a saudade de tudo aperta.

Guardo cheiros. Cheiros que me levam a um lugar bonito, mesmo que na realidade não saia do sítio onde estou. Cheiro a maresia. Cheiro a bolo acabado de sair do forno. Cheiro a terra molhada quando chove. O cheiro do perfume que o meu pai usava, quando era miúda e me dava colo, que, ao lembrar, me dá logo a sensação de que estou protegida e segura.

Guardo sons. O som daquela música que anda sempre algures a tocar em modo repeat na minha mente. O som da chuva a bater contra a minha janela. O som da tua gargalhada. Este é talvez dos sons mais bonitos que me lembro, sabias?

Guardo sensações. O vento a bater na minha cara quando aprendi a andar de bicicleta. O nervoso miudinho de quando falei pela primeira vez num palco para uma audiência numerosa. A insegurança, com a qual me vou debatendo ao longo dos anos, mas que por vezes ainda me “ataca”. E a felicidade, daqueles dias em que mesmo sabendo que nada dura para sempre, fui feliz, à minha maneira.

Guardo memórias. E por vezes, ainda me agarro a elas. A vida é para a frente. Sei-o e sigo-me por isso. No entanto a vida também são as memórias. Sou o que sou hoje por tudo o que me aconteceu no meu caminho até aqui.

Sou feita de memórias. Não sou escrava delas. No entanto guardo-as algures, umas com carinho, outras nem tanto. Mas guardo. O que seria da vida sem elas?

Dom | 16.05.21

Desta vida nada se leva

RP

"Desta vida nada se leva... só se deixa! Então, te deixo o meu melhor... Meu melhor sorriso, meu maior abraço, minha melhor história, minha melhor intenção, toda minha compreensão. E do meu amor, a maior porção. Só quero ficar na memória de alguém como outro alguém que era do bem!"

Autoria desconhecida

Pág. 1/3