Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

Dom | 23.08.20

5 livros para conhecer a Europa

RP

O site Viagem e Turismo publicou um artigo com 5 livros para se puder viajar pela Europa sem sair de casa.

São eles, e passo a transcrever:

"Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf

Neste romance moderno, acompanhamos um único dia na vida de Clarissa Dalloway, dama da sociedade inglesa dos anos 20. A personagem organiza os preparativos para uma festa que acontecerá naquela noite e, assim, anda pelo centro de Londres para finalizar os últimos detalhes necessários. A capital inglesa torna-se personagem da obra tanto quanto Mrs. Dalloway e somos guiados por pontos icônicos da cidade. Compras na Bond Street, uma das grandes ruas de comércio, um passeio na histórica Piccadilly Street, uma das principais artérias do centro de Londres, que faz ligação a outros pontos importantes. Mas um elemento turístico se destaca: os parques. Os londrinos adoram parques e, por isso, Woolf não poderia deixar de incluí-los no cenário do romance. Entre eles, temos o St James’s Park, o mais antigo parque real de Londres. Da Ponte Azul é possível ter uma linda vista do Palácio de Buckingham e, na outra direção, do Big Ben e London Eye, além de várias flores e pelicanos – sim, eles habitam o parque há centenas de anos! 

Budapeste, de Chico Buarque

Local: Budapeste, Hungria

José Costa, o protagonista da história, faz um pouso forçado em Budapeste, local que nunca havia visitado. Apesar de curta, a passagem pela capital húngara é marcante e suficiente para José apaixonar-se pela cidade. A partir dessa paixão, o livro conta como o personagem se divide em dois mundos, um em Budapeste e outro no Rio de Janeiro. Como pano de fundo para o romance, Budapeste surpreende com seu estilo medieval. Visite o Castelo de Buda, edificação histórica e residência dos reis húngaros, e depois vá a Citadella, antiga fortaleza e o ponto mais alto da cidade. Aproveite o charme do Rio Danúbio, que corta a capital, e o atravesse pela Ponte das Correntes, linda e antiga construção. Quem sabe você também não possa se apaixonar? 

Sob o Sol da Toscana, de Frances Mayes

Local: Toscana, Itália

Em um relato autobiográfico, que mais tarde inspirou a famosa adaptação hollywoodiana, Frances Mayes realiza seu sonho de comprar uma casa na Toscana. Ela reforma uma villa na cidade de Cortona e detalha a experiência de viver na charmosa região. É quase impossível não se inspirar pela beleza descrita e pelos prazeres da natureza e da gastronomia local. Dá vontade de conhecer a Itália junto com os personagens. E por que não? A região é rodeada por cidadezinhas que interligam-se por estradas muito charmosas. As distâncias são curtas e vale a pena visitar várias cidades de carro e desfrutar com calma do cenário medieval e pitoresco. Existem muitas cidades no entorno, como Arezzo, Lucignano, Anghiari, Monterchi e Sansepolcro – que fogem um pouco do eixo turístico – e também algumas mais conhecidas, como Lucca e San Gimignano. E, além dos pequenos municípios, é possível conhecer Florença, a maior cidade da região da Toscana, famosa por sua beleza e importância artística. Um roteiro incrível.

Paris é uma festa, de Ernest Hemingway

Local: Paris, França

Neste livro de memórias, o consagrado escritor norte-americano relembra suas vivências na capital francesa durante o período Entre Guerras, nos anos 20. O autor nos detalha o cenário cultural da época, quando Paris reuniu grandes intelectuais e artistas do mundo todo, como James Joyce, Scott Fitzgerald e Pablo Picasso. Ele descreve a efervescência cultural dessa vibrante juventude, que concentrava-se principalmente no bairro de Montparnasse. Até hoje o bairro é frequentado por muitos artistas e tem uma vida cultural intensa, repleto de cinemas, teatros e restaurantes. Também abriga a Torre de Montparnasse, o arranha-céu mais alto de Paris, com 210 metros de altura e vista 360º da cidade. Com certeza o livro pode te inspirar a viver a rica cena cultural da capital francesa!

Onze minutos, de Paulo Coelho

Local: Genebra, Suíça

Onze minutos conta a história de Maria, jovem insatisfeita com sua pacata vida no Nordeste que decide ir para Genebra a convite de um empresário suíço. Mas, ao chegar no país, descobre que foi enganada e terá que se prostituir para pagar suas dívidas. Maria, porém, não abaixa a cabeça: pelo contrário, decide aproveitar e encarar com positividade a situação. Apesar do tema tabu e do clima pesado, o livro consegue trazer uma perspectiva diferente, de uma mulher forte na busca do autoconhecimento. E Genebra é o pano de fundo da narrativa. Um local completamente desconhecido que será desfrutado pela protagonista. Destino não tão popular quanto merecia, Genebra é rodeada por montes alpinos e está às margens do lago Léman. É conhecida por seus chocolates, incríveis relógios e também por seu caráter humanístico, principalmente por abrigar a sede europeia da ONU. E aproveite para conhecer mais cidades da linda Suíça, como Berna e Lucerna."

Eu sei que viajar fisicamente é sempre melhor mas que dizem? Concordam? Já leram algum? 

 

 

4 comentários

Comentar post