Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

19.01.21

❤️

RP
“Nenhuma palavra dita fará com que você me compreenda, se verdadeiramente não souber ler o que transpareço. Portanto, nada de deduções. Sou um filme sem legenda, só quem fala minha língua consegue me entender.”   Fernanda Gaona
15.01.21

Que nada nos limite

RP
"Que nada nos limite, que nada nos defina, que nada nos sujeite. Que a liberdade seja nossa própria substância, já que viver é ser livre. Porque alguém disse e eu concordo que o tempo cura, que a mágoa passa, que decepção não mata. E que a vida sempre, sempre continua."   Simone de Beauvoir
31.12.20

2021

RP
"A força dos meus sonhos é tão forte, que de tudo renasce a exaltação. E nunca as minhas mãos ficam vazias." Sophia de Mello Breyner Andresen* Que as nossas mãos nunca fiquem vazias. Que tenhamos sempre sonhos, esperança e fé na vida. Bom Ano 
28.12.20

Acredito nas voltas

RP
Hoje trago mais um texto da página "Chocolate não dói". "Acredito nas voltas que a vida dá. Mesmo naquelas que não consigo compreender no imediato. Acredito que o que é hoje, não tem de ser amanhã. Acredito no amor e acredito em todas as formas de amar. Acredito em luta transformada em esperança e acredito em lágrimas trocadas por sorrisos. Acredito em encontros que não se explicam, em almas (...)
04.12.20

O silêncio

RP
"O silêncio costura-nos. É uma espécie de linha que atravessa todas as coisas da nossa vida, mesmo quando não nos apercebemos dele. Eu comparo muito o silêncio àquilo que é o espaço entre as palavras num texto. Se as palavras não tivessem um espaço, não se leriam. Sem o silêncio, a nossa vida não se lê. É apenas um atropelar de vivências, de situações, mas nunca damos espaço a uma digestão, que é necessária para poder haver encontro, para poder haver revelação, (...)