Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

Qui | 03.09.20

Deixa-te levar por setembro

RP

Já não é a primeira vez que aqui escrevo que setembro, para mim, tem cheiro de recomeço, de novas oportunidades, de fazer um reboot, de reiniciar a nossa vida, ou, pelo menos, o que achamos que está a precisar de mudar.

 

Não sei se é por ser o inicio do ano escolar e, por consequente, termos a ideia pré-formatada desde miúdos que neste mês começa um novo ciclo, mas, a mim, lembra-me sempre a oportunidade de se reescrever a vida.

 

Eu sei que este ano, e com tudo o que nos tem acontecido, estamos com pouca motivação para sermos audazes e tentarmos arriscar a mudança. Estamos mais preocupados em, pelo menos, manter a estabilidade… e a saúde.

 

Não obstante, deixo o mote para que te deixes levar por setembro. De agradecer o que de bom se tem passado até agora e aceitar que o que não correu tão bem, se calhar, foi a tua maior sorte. De pensar que até dos contratempos mais complicados é possível retirar algo que sirva de lição para obstáculo futuros. Que a vida sabe o que faz quando dá e também quando tira algo.

 

Todos os dias são bons para mudar, para recomeçar. No entanto, se estás a precisar de motivação extra deixa-te levar por setembro e o seu ar de mudança. Reescreve o que achas que não está bem. Se não gostas do que recebes então trata de rever o que emites. Muitas vezes as coisas não mudam porque somos nós que estamos a reclamar em vez de criarmos as condições necessárias para alterar. Acima de tudo lembra-te que nasceste para ser feliz e não mereces menos que isso.

 

Deixa-te levar por setembro e recomeça, reencontra, reconstrói, reinventa... e pára apenas quando encontrares a felicidade.

 

2 comentários

Comentar post