Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

Seg | 25.03.19

Não espero nada da vida

RP

Não espero nada da vida. Tenho aprendido que não se pode esperar o que não sabemos se vem. Não se pode esperar que as situações, as pessoas e os acasos funcionem da forma que nós gostaríamos. Não se pode esperar o que não depende de nós. E mesmo o que depende há sempre acontecimentos à volta que não se controlam e que mudam todo o rumo da nossa existência. 

Não espero nada da vida. Não se pode esperar o que não chega. Nem sempre quem espera sempre alcança. Talvez até seja mais correto o ditado que diz que quem espera desespera. E não há maior desespero que todos os dias ansiarmos e desejarmos com todas as forças que algo aconteça e todos os dias chegamos à conclusão que não vai acontecer.

Não espero nada da vida. Não espero a sorte grande. Não espero o amor nem a cabana. Não espero reconhecimento nem gratidão.  Não espero a fama nem a fortuna. O que tenho vou lutando por isso. O que não tenho lutei à mesma, mas não consegui.

Não espero nada da vida. E vou aceitando, a bem ou a mal, tudo o que ela me dá. E vou confiando de olhos fechados que quando ela me troca as voltas é porque as mudanças são necessárias. E vou chorando quando tenho que o fazer. E sorrindo quando o momento o merece.

Não espero nada da vida. Apenas abraço o inesperado. Porque melhor que receber o que esperamos é quando o acaso nos encontra. E nos mostra que não temos que nos massacrar á espera de algo. Temos sim que viver o dia-a-dia, lutar sempre e agradecer quando o que tem que vir chegar. E ficar.