Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

Sex | 30.10.20

Quando um dia...

RP

"Quando um dia, o meu coração parar de bater, quando os meus olhos se fecharem, quando já não restar mais nada, gostaria de ser lembrada como alguém que amava a vida. Gostaria de ser recordada como alguém que, muitas vezes desalinhada e outras tantas desenquadrada, viveu a vida de forma intensa. Gostaria que me lembrassem nas coisas bonitas que a minha marca deixou.
Quando a luz se apagar, não quero flores, nem os clichês que ouvimos todos os dias... Quero verdade... Nas palavras e nos gestos. Quero que as pessoas que eu amei se lembrem disso de todas as vezes que eu lhes vier ao pensamento. Quando o meu corpo deixar de estar presente, quero que me lembrem nas montanhas russas dos risos e nos carrosséis dos abraços... e que a saudade as aperte no peito por todas as coisas que ficaram por fazer e pelas tantas outras que fomos capazes de repetir.
Aos que me magoaram, que o arrependimento que não veio em tempo útil não vos consuma. Aos que me fizeram feliz, que a vida (vos) multiplique."

Mais um texto da página Chocolate não dói.