Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

Qui | 28.11.19

Refúgio

RP
Nesta época do ano os dias estão mais curtos levando ao recolhimento e ao refúgio. Refugio-me no conforto do lar escapando à chuva que cai lá fora e ao vento que teima em levar tudo pelo ar. Refugio-me escapando à negridão precoce que "toma conta" do entardecer e que nos faz lembrar com carinho o pôr-do-sol das tardes de verão. Refugio-me no aconchego quente de uma lareira para combater o frio que já se começa a sentir.

 

Refugio-me também num café com leite quente para me aquecer por fora, mas principalmente por dentro. Refugio-me num livro onde as personagens levam uma vida bem mais interessante que a minha. Refugio-me também num filme onde as peripécias diárias contrastam com a mesmice dos dias de quem o assiste.

 

Refugio-me em pensamentos. Refugio-me da vida que teima em trocar-nos as voltas e as vontades e fico a remoer que mais hei-de fazer para que comece a bater certo com os meus planos. Refugio-me de todos e vou para um sítio só meu em que posso ser o que quiser sem ter que sofrer com julgamentos alheios. Refugio-me de ti. E de tudo o que me fizeste. Esperando que o refúgio leve ao esquecimento o que nem a negridão lá fora afasta do pensamento.