Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

15.01.21

Que nada nos limite

RP
"Que nada nos limite, que nada nos defina, que nada nos sujeite. Que a liberdade seja nossa própria substância, já que viver é ser livre. Porque alguém disse e eu concordo que o tempo cura, que a mágoa passa, que decepção não mata. E que a vida sempre, sempre continua."   Simone de Beauvoir
24.12.20

Festas Felizes!

RP
Nunca a frase "O importante é ter saúde" teve tanto sentido como agora. Nunca a vontade de abraçar foi tão forte como agora. Nunca a incerteza, a estranheza, a confusão e, até, a frustração, nos emaranharam tanto num turbilhão de sentimentos como agora. E, no entanto, apenas agradeço. O ano foi difícil, injusto para com alguns de quem gosto muito. Mas eu tive sorte. O português tem sempre sorte, não é? Podia ser sempre pior. Agradeço. Tive saúde, por vezes mais fraca (...)
18.12.20

Espero

RP
"Espero sempre por ti o dia inteiro, Quando na praia sobe, de cinza e oiro, O nevoeiro E há em todas as coisas o agoiro De uma fantástica vinda." Sophia de Mello Breyner Andresen
25.11.20

Os laços que nos unem

RP
Novembro está a terminar e vai dar lugar ao último mês do ano, dezembro. Para mim dezembro é um mês de sonhos, de esperança e de afeto. Há quem diga que as pessoas se tornam mais hipócritas com a aproximação do Natal. Acredito que sim, acredito que há pessoas que passam o ano a infernizar os outros, e, chegando esta altura, são todas paz e amor. No entanto, também acredito que ainda existem pessoas boas e que este sentimento de partilha propício à época em alguns casos é real.
19.11.20

"Os armários da noite"

RP
"Esperar que voltes é tão inútil como o sorriso escancarado dos mortos na necrologia do jornal e no entanto de cada vez que a noite se rasga em barulhos no elevador e um telefone se debruça de um sexto andar sinto que ainda ficou uma palavra minha esquecida na tua boca e que vais voltar para a devolver..." Alice Vieira