Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

22.01.21

Livros do isolamento#11

RP
"A máquina de fazer espanhóis é um dos mais importantes romances contemporâneos. Surpreendente retrato da vida dos velhos, este livro fala intimamente dos fantasmas da portugalidade e da candura que, afinal, existe mesmo nos momentos mais tristes." É, até agora, o meu livro favorito do Valter Hugo Mãe. Fala, sem deixar de ter humor, da triste realidade dos idosos que, por solidão ou abandono dos familiares, acabam por ir parar aos lares. Dos laços de amizade que se criam nesta (...)
18.01.21

Livros do Isolamento#9

RP
"Crisóstomo, um pescador solitário, ao chegar aos quarenta anos de idade, decide fazer o seu próprio destino. Inventa uma família, como se o amor fosse sobretudo a vontade de amar." Valter Hugo foi o meu escritor do isolamento. Em 12 livros, 3 foram dele. Já gostei mais deste. Achei que ao seu jeito único, original e nada consensual  o escritor demonstra que ainda há pessoas boas no meio da humanidade, que a família pode ser feita pelo amor e não pelo sangue e que ser diferente (...)
16.01.21

Livros do Isolamento#8

RP
"Quando menos esperamos a vida traz-nos aquilo que tentamos rejeitar. Como era possível Beatriz ter-se apaixonado, sem querer, por Leonardo? A primeira impressão que teve dele foi a pior possível. Era um jovem rico, mal-educado e mimado. Tudo o que mais desprezava em alguém. No entanto, o avô de Leonardo, um homem sábio e profundo conhecedor da vida, viria a aproximá-los." Foi o primeiro livro que li do Raul Minh'alma.  Confesso que não sou grande fã de histórias de amor de (...)
14.01.21

Livros do Isolamento#7

RP
"Delicadíssima história de uma criança em torno da ansiedade por uma resposta de Deus. Retrato de um Portugal recôndito ao tempo da Revolução dos Cravos que nos conta como em lugares pequenos as ideias maiores são relativamente intemporais e o que acontece ignora largamente o tempo exacto do mundo." Valter Hugo Mãe é um autor que ou se gosta ou não se gosta mesmo nada. Até hoje só tinha lido "A Desumanização", que gostei. Este foi mais ou menos.  Tenho que dar a mão à (...)
12.01.21

Livros do Isolamento#6

RP
"Esta é a odisseia que Almeida Garrett fez pelas terras do seu país. Aí visitou as ruas e os cafés, as igrejas e os túmulos, ouvindo pelo caminho uma história de amor em tempos de guerra, vivida por Carlos, que luta pelos liberais, e sua prima, Joaninha, a menina dos rouxinóis. Neste impressionante relato sem igual na história da literatura portuguesa, o autor não deixa dúvida sobre os seus intentos: «protesto que de quanto vir e ouvir, de quanto eu pensar e sentir se há-de (...)
10.01.21

Livros do Isolamento#5

RP
"Este livro é uma "viagem" a cidades que possuem vínculo com a grande família Resende. Começa pelo norte Portugal, onde surgiram os Resendes, que emigraram para a Ilha de Santa Maria no arquipélago dos Açores. De lá, um Resende embarcou para Lagoa Dourada (Minas Gerais, Brasil) onde constituiu família, expandindo-se para Resende Costa e outras regiões do território brasileiro, assim como para a Cidade de Praia (Cabo Verde, África) e Cabanas de Viriato/Carregal do Sal (...)
08.01.21

Livros do Isolamento#4

RP
"Um jornalista nova-iorquino recebe a notícia da morte do seu amigo, deixando-lhe um manuscrito inacabado. Chama-me Brooklyn é uma história de amor, amizade e solidão, a crónica de um itinerário de vida, em que os narradores vão dando forma a um romance que é um canto ao mistério e ao poder da palavra escrita, surpreendendo e fascinando o leitor a cada página." "Chama-me Brooklyn" de Eduardo Lago, foi um dos livros que mais me custou a ler nestes dias. Não consegui achar o (...)
26.12.19

As minhas aventuras no país dos Sovietes

RP
Foi uma das minhas leituras recentes. Tendo em conta que a minha tese é sobre a política externa russa andei à procura de livros que me ajudassem a compreender melhor a Rússia no tempo glorioso da URSS. E "esbarrei-me" com este livro do português José Milhazes, jornalista, que viveu na URSS em tempos de mudança que coincidiram com o regime e a sua queda. «Naquela altura, mais precisamente no dia 9 de setembro de 1977, os comboios da linha Póvoa de Varzim-Porto (Trindade) ainda (...)
12.07.19

Nos Passos de Santo António - Gonçalo Cadilhe #2

RP
Já vos falei anteontem sobre este livro. Também já vos coloquei ontem a entrevista que lhe fiz a propósito da leitura do mesmo. Deixo-vos agora um documentário feito para a RTP que retrata essa mesma viagem de seguir os passos de Santo António.