Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

As Taras Da Lina

Geminiana de signo. Nascida à beira-mar e a viver nas montanhas. Gosto de viajar pelo mundo, pelos livros e pelo cinema. Licenciada em Comunicação. Dona de um pastor alemão. Convicta que a vida sabe sempre o que faz.

Qua | 20.05.20

"Vitoria e Abdul"

RP

Está visto que o que a quarentena me fez mais fazer foi ver filmes... (e comer). Este foi mais um no meio de tantos. Agora por uns tempos tenho que me dedicar antes à leitura, que descurei... E à dieta. 

"Quando Abdul Karim, um jovem empregado, viaja da Índia com o objetivo de participar no Jubileu de Ouro da Rainha, é surpreendido ao cair nas boas graças da Rainha. Enquanto a Rainha começa a questionar as constrições do seu já longo cargo, cria-se uma aliança inesperada entre os dois, sendo a lealdade que têm um para com o outro ameaçada tanto pela família como pelo círculo restrito da Rainha. À medida que a amizade se intensifica, a Rainha começa a ter uma visão diferente do mundo, recuperando o seu sentido de humanidade."

Quem é fã da Judi Dench está habituado a ver grandes filmes em que ela aparece. Não é o caso, o filme acaba por não surpreender pela novidade mas não deixa de ser um bom "entretém". Mostra as diferenças que existiam entre Londres, e a hipocrisia  e superioridade dos seus habitantes, relativamente às colónias.

É uma espécie de amigos improváveis em que  uma Rainha em fim de vida e considerada louca, por quem a rodeia, nutre uma amizade especial por um criado indiano tornando-o seu aliado e professor. 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.